Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



(imagem retirada da internet)

 

   Como é que eu começo a falar deste livro? Ou melhor, como é que eu começo a falar da experiência que é ler este livro?

   Bem, devo começar por dizer que este é o segundo livro que estou a ler do escritor, Valter Hugo Mãe. Ainda este ano li O filho de mil homens. Um livro complexo, cru e muito poético. (Nada que não esperasse n'A Desumanização, mas sobre isso já falamos.) Gostei muito. Não foi o que estava à espera mas gostei muito. Tinha uma imagem, um conceito, diferente do autor, acho. Algo que, com este livro, se confirma. 

   A verdade é que, ao ler O filho de mil homens, esperava algo arrebatador, forte e grotesco. E a verdade é que o autor consegue tudo isso, mas de forma algo fraca... Valter Hugo Mãe escreveu várias histórias entrelaçadas que dão a origem a uma, no final das contas, bonita história. E não era isso que eu queria, não era isso com que eu contava. (Mas, devo repetir, gostei muito, não me interpretem mal.)

   Mas, n'A Desumanização, vê-se concretizada a minha imagem de um bom livro de Valter Hugo Mãe. Aqui os factores "complexo, cru e muito poético" estão fortemente vincados. Ler este livro é como admirar uma obra de arte. Uma obra de arte onde – ao contrário da capa do livro – os tons escuros predominam. Porque sim, este livro retrata tudo o que tem a ver com cores frias. Uma história pesada, melancólica e muito, mas muito poética. E bela, até.

   Ainda me faltam umas sessenta páginas mas não quero acabá-lo. Estou demasiado apegado à Halla. (Oh, pobre Halla.)

   Mas posso, desde já, dizê-lo: recomendo, leiam!

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De ouvirosopro a 15.12.2013 às 20:41

Preciso urgentemente deste livro, não aguento mais ler coisas tão boas acerca dele! AHH
Imagem de perfil

De Pedro Caetano Carvalho a 15.12.2013 às 22:31

Também estava assim antes de o comprar! Não descansei enquanto não o tive nas mãos!
Mas, se não estiver na tua Biblioteca Municipal e não o conseguires emprestado de alguém, digo-te: tenta comprá-lo; vale a pena cada cêntimo!
Sem imagem de perfil

De ouvirosopro a 17.12.2013 às 21:13

Entretanto, vou aliciar alguém para mo comprar ... ahahah
Acredito verdadeiramente naquilo que dizes. Vindo de VHM não espero outra coisa. Se bem que muitas pessoas, não são poucas, criticam o seu trabalho. Todos os seus livros são pretensiosos, ponto final.

Boas leituras! Espero uma opinião tua mais fundamentada aqui no blog!

comentar post




pesquisar

  Pesquisar no Blog

quem escreve

foto do autor


sobre

Este blogue está entregue às mãos de um adolescente que se recusa a aceitar que mais tarde ou mais cedo será adulto e que tem problemas em manter blogues de pé.



escrevi


a ler


a ouvir



desafio goodreads

2016 Reading Challenge

2016 Reading Challenge
Pedro has read 5 books toward his goal of 45 books.
hide

últimas leituras


mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

contador de visitas


WOOK - www.wook.pt