Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


 Decidi embarcar, finalmente!, no Desafio Literário dos 45 Dias. A primeira vez que o tentei fazer foi há mais de quatro anos, num blogue perdido nos confins da internet. Era um blogue sobre livros que, como muitos outros blogues que me passaram pelas mãos, não durou muito tempo.

 Enfim. A lista dos dias do desafio está aqui; tinha-a partilhado neste blogue em Março de 2015. Não sei porque é que me levou tanto tempo a decidir cumprir este desafio, mas cá vamos nós! 

1 - Livro favorito

 

 E eu não seria eu se não começasse logo com batotices. Mas, também, quem é que consegue escolher só um livro favorito? Eu podia indicar vários livros que me conquistaram recentemente (Os homens que odeiam as mulheres de Stieg Larsson, Laranja Mecânica de Anthony Burgess,...) mas decidi que para os livros favoritos apontaria aqueles que, até à data, já reli pelo menos uma vez na vida. E são livros que, sei-o, ainda vou reler por muitas mais vezes com o decorrer dos anos. Trago-vos, portanto:

 — O Aprendiz de Guerreiro, o primeiro livro da coleção O Reino de Petzet, de Margarida Fonseca Santos. É um livro especial. Uma história incrível, com personagens fortes, interessantes e bem construídos. Mas é também um livro que me entrou na vida numa altura importante e que trouxe consigo amizades e momentos que guardo sempre comigo. Não sei quantas vezes reli este primeiro título, mas sei que preciso relê-lo em breve, voltar a Petzet e à Resistência. Leiam, leiam!

 — Harry Potter e a Pedra Filosofal foi um livro que demorou demasiado a entrar na minha vida. Acho que o li a primeira vez quando estava no sétimo ou oitavo ano e, não me lembro porquê, nunca li os outros livros até anos mais tarde. Mas enfim. É uma obra de arte, esta coleção.

 — O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry, é outro livro que dispensa apresentações. É um pequeno tesouro repleto de mensagens à espera de ser desvendadas: aguardam-nos, pacientes, até estarmos prontos para elas e depois supreendem-nos uma e outra vez, à medida que as vamos lendo e relendo.

 — Divergente, de Veronica Roth, é outro livro que tem um lugar especial no meu coração. Foi uma leitura que partilhei com pessoas que adoro e, juntos, criamos uma relação forte com os livros desta série. Mas aconselho: leiam os livros e não vejam os filmes (só o primeiro filme, pronto... esse pode ser).

Autoria e outros dados (tags, etc)




pesquisar

  Pesquisar no Blog

quem escreve

foto do autor


sobre

Este blogue está entregue às mãos de um adolescente que se recusa a aceitar que mais tarde ou mais cedo será adulto e que tem problemas em manter blogues de pé.



escrevi


a ler


a ouvir



desafio goodreads

2016 Reading Challenge

2016 Reading Challenge
Pedro has read 5 books toward his goal of 45 books.
hide

últimas leituras


mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

contador de visitas


WOOK - www.wook.pt