Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

  

2 - Livro detestado

 Durante a febre John Green (da qual fui vítima), li Will Grayson, Will Grayson, livro em parceira com David Levithan, e não fui fã. Contado a duas perspectivas, a de dois Wills, cada um escrito por um autor. Não consigo precisar de qual dos Wills desgostei mais, mas não fiquei com vontade de ler mais nada de David Levithan baseado no seu Will.

 A história do livro não é muito entusiasmante. Dois Wills (que são, muito resumidamente, ingratos e que detestam a sua vida e todas as pessoas ao seu redor) que, certo dia, se encontram! É isso. De resto, são fragmentos que só ajudam a construir dois personagens incrivelmente irritantes!

 

 SPOILER ALERT: Uma coisa que me lembro que me fez revirar os olhos com bastante afinco foi o facto de o Will do John Green começar com o livro a dizer que se se pudesse escolher os amigos, com certeza não escolheria ser amigo de personagem x, porque se ele tivesse escolha não se daria com ele, mas como era demasiado impopular, estava reduzido ao personagem x. No fim do livro faz uma festa dedicada ao amigo x por ele existir e estar na sua vida. Enfim. Rant terminado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 Decidi embarcar, finalmente!, no Desafio Literário dos 45 Dias. A primeira vez que o tentei fazer foi há mais de quatro anos, num blogue perdido nos confins da internet. Era um blogue sobre livros que, como muitos outros blogues que me passaram pelas mãos, não durou muito tempo.

 Enfim. A lista dos dias do desafio está aqui; tinha-a partilhado neste blogue em Março de 2015. Não sei porque é que me levou tanto tempo a decidir cumprir este desafio, mas cá vamos nós! 

1 - Livro favorito

 

 E eu não seria eu se não começasse logo com batotices. Mas, também, quem é que consegue escolher só um livro favorito? Eu podia indicar vários livros que me conquistaram recentemente (Os homens que odeiam as mulheres de Stieg Larsson, Laranja Mecânica de Anthony Burgess,...) mas decidi que para os livros favoritos apontaria aqueles que, até à data, já reli pelo menos uma vez na vida. E são livros que, sei-o, ainda vou reler por muitas mais vezes com o decorrer dos anos. Trago-vos, portanto:

 — O Aprendiz de Guerreiro, o primeiro livro da coleção O Reino de Petzet, de Margarida Fonseca Santos. É um livro especial. Uma história incrível, com personagens fortes, interessantes e bem construídos. Mas é também um livro que me entrou na vida numa altura importante e que trouxe consigo amizades e momentos que guardo sempre comigo. Não sei quantas vezes reli este primeiro título, mas sei que preciso relê-lo em breve, voltar a Petzet e à Resistência. Leiam, leiam!

 — Harry Potter e a Pedra Filosofal foi um livro que demorou demasiado a entrar na minha vida. Acho que o li a primeira vez quando estava no sétimo ou oitavo ano e, não me lembro porquê, nunca li os outros livros até anos mais tarde. Mas enfim. É uma obra de arte, esta coleção.

 — O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry, é outro livro que dispensa apresentações. É um pequeno tesouro repleto de mensagens à espera de ser desvendadas: aguardam-nos, pacientes, até estarmos prontos para elas e depois supreendem-nos uma e outra vez, à medida que as vamos lendo e relendo.

 — Divergente, de Veronica Roth, é outro livro que tem um lugar especial no meu coração. Foi uma leitura que partilhei com pessoas que adoro e, juntos, criamos uma relação forte com os livros desta série. Mas aconselho: leiam os livros e não vejam os filmes (só o primeiro filme, pronto... esse pode ser).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu escrevi um livro!

Na verdade escrevi muitos poemas, contos e crónicas, no decorrer dos últimos três anos. E agora, com o fechar de um ciclo pessoal, colecto alguns desses momentos de escrita e partilho-os com quem os quiser ler. Fisicamente. O que eu escrevi, os meus desabafos e fantasias, em forma física! Nunca estive mais nervoso para alguma coisa na minha existência!

O livro chama-se, como está no título do post, Tudo isto tropeça dentro de mim. 

Aqui vos deixo a capa, pela pena da fantástica Susa Monteiro:

Sugestão de capa.jpg

O lançamento está previsto para Julho. Logo que tenha mais detalhes deixo-os aqui. Até já!

(Estou nas nuvens...)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Descobri que um dos meus blogues antigos sobre livros ainda está vivo e andei a vasculhá-lo. Foi lá que descobri este desafio que nunca cheguei a terminar e que agora trago de volta à vida: O Desafio Literário dos 45 Dias. 

Objectivo: responder, todos os dias, durante 45 dias, aos créditos propostos.

Ei-los:

 

Dia 1 – Livro favorito
Dia 2 – Livro detestado
Dia 3 – Livro subvalorizado 
Dia 4 – Livro sobrevalorizado
Dia 5 – Livro que levarias para uma ilha deserta
Dia 6 – Livro que leste mais vezes
Dia 7 – Livro que te desiludiu
Dia 8 – Livro tão mau, tão mau, mas tão mau que consegue ser bom
Dia 9 – Livro mais longo que já leste
Dia 10 – Livro mais curto que já leste
Dia 11 – Livro que não conseguiste acabar
Dia 12 – Colecção (saga) favorita
Dia 13 – Sequela que nunca devia ter sido impressa
Dia 14 – Livro comovente
Dia 15 – Livro hilariante
Dia 16 – Livro perturbante
Dia 17 – Livro inspirador
Dia 18 – Livro para o qual escreverias uma sequela
Dia 19 – Livro em cujo universo habitarias
Dia 20 – Melhor citação (diálogo)
Dia 21 – Melhor citação (descrição)
Dia 22 – Autor(a) favorito(a)
Dia 23 – Livro que espelha a tua vida
Dia 24 – Personagem literária mais parecida contigo
Dia 25 – Personagem literária favorita
Dia 26 – Personagem literária que gostarias de conhecer
Dia 27 – Personagem literária que odeias
Dia 28 – Personagem literária que adoras odiar
Dia 29 – Personagem literária com a qual trocarias de lugar
Dia 30 – Personagem literária que admiras
Dia 31 – Personagem literária que nunca devia ter sido criada
Dia 32 – Personagem literária com a qual terias uma relação amorosa estável
Dia 33 – Personagem literária com a qual terias “one-night stand”
Dia 34 – Personagem literária secundária que merecia um livro só dela
Dia 35 – Personagem literária para a qual escreverias um livro
Dia 36 – Personagem literária que não quererias encontrar num beco
Dia 37 – Livro para os dias chuvosos
Dia 38 – Livro para os dias solarengos
Dia 39 – Livro que custou a ler
Dia 40 – Autor(a) cujo talento invejas
Dia 41 – Livro que é um “guilty pleasure”
Dia 42 – Livro que adoravas e agora detestas
Dia 43 – Livro que marcou a infância
Dia 44 – Último livro lido
Dia 45 – Próximo livro a ler

 

Se estiverem interessados, desafio-vos a partilhar as vossas escolhas. Até já.

(Comentem se forem participar para que vos acompanhe nesta jornada!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Descoberta

25.01.15

Acho esta frase a mais pirosa das frases pirosas (se houvesse um concurso entre as frases pirosas esta ganharia o título de Frase Mais Pirosa sem dificuldade alguma): "I fell in love the way you fall asleep: slowly and then all at once", do aclamado (por raparigas adolescentes, maioritariamente) escritor John Green.

Não obstante, é a frase que melhor descreve a minha súbita admiração por Afonso Cruz.

 

10933700_1544806665767568_8774988999990087230_n.jp

 

É o meu autor preferido. Aconteceu com a rapidez com que se diz "Olá"! E é tão grave que comprometo-me, de facto, a repetir: é o meu autor preferido. Maldito seja eu se morrer sem ler tudo o que o bendito senhor publicar!

Até à data, li:

 

Imagem1.png

 

 

E estou a ler (degustar, aliás):

k_para-onde-vao-os-guarda-chuvas_300dpi.jpg

 

Não vou tentar descrever a escrita de Afonso Cruz, que não tenho um palavreado que lhe faça jus. Mas é importante que refira que as suas histórias são de uma complexidade (e des-complexidade) estonteante, deliciosa, espantosa!

Fica o propósito deste post desvendado: leiam Afonso Cruz, que não se vão arrepender!

Boas leituras.

(Fotografia de Afonso Cruz por Vitorino Coragem)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tenho que começar por dizê-lo já e com destaque: A TRILOGIA DIVERGENTE DEVE SER LIDA! Se já leram ou estão a fazê-lo, melhor ainda! De qualquer forma, sim, é isso.

Sendo este o último livro da série, claro está que não vou entrar em detalhes sobre o enredo. Mas posso adiantar-vos que — pelo menos para mim! — está a ser uma leitura incrível e, principalmente, a-r-r-e-b-a-t-a-d-o-r-a!

A palavra distopia pretende representar o contrário de utopia, e a sensação que tive é que, ao mergulhar neste livro, experienciamos profundamente essa definição.

A Veronica Roth merece uma ovação!

(fonte: instagram)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Shelfie #1

09.04.14


Shelfie infanto-juvenil (maioritariamente). :-)

Autoria e outros dados (tags, etc)

   Tenho visto muito esta tag nos canais literários de fora.  É uma tag pequena mas muito engraçada de se responder. E como acho que ainda ninguém a traduziu para português, decidi fazê-lo – adaptar seria a melhor palavra, e não traduzir. Entrei então em contacto com o autor, JackEatsBooks (vídeo original aqui), e, depois de concedida a autorização, aqui vos deixo uma adaptação para português da Winter Wonderland Book Tag (à qual adaptei o nome por falta de melhor para Maravilhas de um Inverno Literário):

 

1. Que livro é tão feliz e doce que te aquece o coração?
2. Qual é o teu livro preferido com uma capa branca?
3. Estás sentado/a confortavelmente, tapado/a com uma manta, a beber um delicioso chocolate quente, e a ler um livro MONSTRUOSAMENTE GRANDE. Que livro é esse? 
4. Começou a nevar lá fora, então decides fazer uma luta de bolas de neve! Com que personagem fictício adorarias estar a lutar?
5. Infelizmente, a tua lareira está a começar a extinguir-se. De que livro arrancarias os últimos capítulos para atear o fogo?

6. Que livro te é tão próximo do coração que o oferecerias a alguém no Natal que não lê mas quer entrar no universo das leituras?

 

   E agora as minhas respostas:

 

1. Esta pergunta é mais difícil do que parece... Vou ter que responder Harry Potter e a Pedra Filosofal da J. K. Rowling, que, apesar de não ser só maravilhas, é sem dúvida um livro que me aquece o coração (por razões óbvias!).

2. Aqui vou ter que referir dois. Um que li recentemente: A Desumanização de Valter Hugo Mãe; e o outro terá que ser The Perks of Being a Wallflower de Stephen Chbosky. Ambos livros profundos e muito bem escritos.

3. Inverno de Sombras de L. C. Lavado. Este livro tem 590 páginas! Comecei-o há algum tempo e ainda não terminei. Vou aproveitar estas férias para o acabar. Talvez até mesmo ao pé da lareira aconchegado e a beber um chocolate quente!

4. Hm... Com a Katniss d'Os Jogos da Fome (Suzanne Collins). Apesar da neve não ser lugar para uma girl on fire.

5. Provavelmente do Insurgente, da Veronica Roth. Porquê? Porque *spoiler alert* eu gostava da Jeanine! :-(

6. Vou ter que responder outra vez com o Harry Potter. Tenho a certeza que seria uma boa série (como foi para tantos) para abrir horizontes no universo das leituras.

 

   E aqui estão as pessoas que vou taguear (que podem responder, como eu, via blogue ou, para quem tem canal literário, via vídeo):

 

Chris do blogue/canal Diário da Chris;

Cláudia do blogue/canal A Mulher Que Ama Livros;

Nádia do blogue My Soul;

Alexandra do blogue Dragon of Freedom;

Inês do canal InêsBooks;

Rebeca do Beautiful Madness;

Catarina do Little House of Books;

Márcia do blogue/canal Noites de Saudade;

Catarina do blogue A Sonhar de Olhos Abertos;

 

   Gostava de vos ver responder esta tag! Claro que todas as pessoas podem responder, tagueadas ou não! Por isso sintam-se à vontade!

   Boas leituras!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já cá canta!

17.12.13

   Yay, já tenho o meu livro do Amigo Secreto Literário! Devo dizer que fiquei muito surpreso quando abri o envelope e vi que livro havia recebido...

 

   Pois é, O Grande Gatsby de F. Scott Fitzgerald! Já há algum tempo que via reviews deste livro (seja em canais literários ou em blogues) e com a adaptação do filme que saiu este ano, ainda estava mais curioso por lê-lo, porém nunca surgira oportunidade... Mas agora já o tenho! Graças à Carla d'O Canto da Petrolina! Estou muito entusiasmado por lê-lo, acho que vai ser uma das minhas próximas leituras! 
   Quero agradecer à Carla pelo livro e pela carta. Sim, acertaste em cheio! 
   Aproveito e agradeço também à Cláudia pela inciativa e que para o ano haja mais! 

   Um feliz natal e bom ano novo (cheio de leituras, eheh) para quem também participou e para quem lê o blogue. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

   (Decidi que vou passar a responder a mais TAGS aqui no blogue... São divertidas de responder e sempre ficam a conhecer-me melhor, certo? Talvez não. De qualquer maneira, está decidido.)

   Esta TAG foi criada pela Cláudia do canal e blogue A Mulher Que Ama Livros, e consiste, muito simplesmente, em escolher sete autores que nunca tenha lido para ler em 2014! (Não fui TAGueado, mas apetece-me responder.)

   E aqui estão, com as respectivas capas, as minhas sete escolhas:

   Nota: nenhuma destas imagem é minha. São apenas representativas.

 

1. Erin Morgenstern 

 Já tenho este livro há quase dois anos. Acho que simplesmente nunca me deu vontade de o ler. Mas estou a planear fazer uma leitura conjunta deste livro com uma amiga, por isso este livro vai ser lido com certeza muito em breve. Finalmente, não!?


2. Leigh Bardugo

Recentemente publicado em Portugal, este é o primeiro volume de uma trilogia fortemente aplaudida lá fora. Estou muito entusiasmado por começá-lo.


  

3. James Dashner

 Já publicado em Portugal como "Maze Runner - Correr ou Morrer" este também é o primeiro de uma triologia muito popular. A sua adaptação para o cinema terá estreia em Setembro, até lá espero já o ter lido.

 

4. Richard Yates

 Comprei-o o ano passado numa feira de segunda mão. Depois dos vídeos da Cláudia deu-me vontade de o ler. Fica para 2014.

 

5. Glen Duncan

 Acho que também já o tenho há quase dois anos. É o primeiro de outra série. Nenhum outro volume foi publicado deste então em Portugal. Não gosto nada de lobisomens. Comprei este livro para mudar a minha opinião nesse aspecto e só espero que isso aconteça.

 

6. Dan Brown

Comprado quando saiu. Nunca lido. Sim, só posso ter problemas, eu sei... Apesar de ser o quarto da série, é o que mais me interessa ler. Se gostar, leio os restantes. Tenho altas expectativas.

 


7. Stephen King

 Só vi os primeiros três primeiros episódios da série baseada neste livro, Under the Dome, e adorei. Quero ler este livro antes de continuar a ver a série. Também tenho altas expectativas em relação a este. 

 

   E é isto.

   Já leram algum destes autores? Gostaram?

   Boas leituras.

Autoria e outros dados (tags, etc)



pesquisar

  Pesquisar no Blog

quem escreve

foto do autor


sobre

Este blogue está entregue às mãos de um adolescente que se recusa a aceitar que mais tarde ou mais cedo será adulto e que tem problemas em manter blogues de pé.



escrevi


a ler


a ouvir



desafio goodreads

2016 Reading Challenge

2016 Reading Challenge
Pedro has read 5 books toward his goal of 45 books.
hide

últimas leituras


mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

contador de visitas


WOOK - www.wook.pt